BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

Keep Going!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

You're not gonna get away so easily

Percebi um dos motivos da minha jacada de começo de mês. Eu sempre botava a culpa no vale refeição, mas agora saquei: é a mia.
Vejam vcs.
Hoje, depois de receber, fiquei bem louca pra comprar um livro, e já vinha pensando nisso há uns dias: eu gasto uma fortuna em "comida" (não pra ficar viva, mas pra engordar e me ferrar) e conto os trocados na hora de comprar livro. Pra que economizar tanto em algo q amo? Pra gastar em comida engordativa depois? Bom, com isso em mente fui a livraria e comprei não só um livro, mas dois, q eu andava querendo (os dois da Meg Cabot).
Eu devia ter voltado pro trabalho em seguida, mas não. Fui comer. Mc Donalds. Legal né? E a tonta não sabia pq fazia isso, lá, comendo aquela coisa nojenta e mega calórica, fazendo – obviamente – planos pra emagrecer... cheguei no trabalho quase uma hora atrasada do intervalo, e dois minutos depois estava pronta pra miar.
E aí me deu um clique. Eu fico falando da mia como uma coisa horrível e tecnicamente é – só pq eu não tenho controle total sobre ela. Mas a sensação, não é ruim não, é boa, é fantástica. Comer junk food sem engordar? Comer aquele monte de gordura que SEI q faz um mal desgraçado e me deixa passando mal por horas SEM sofrer as consequencias, estar de estomago vazio dali a pouco? Ah, eu adoro isso, é ótimo. E é por isso q eu faço. Pq sei q a consequencia (pelo menos a gordura, especificamente) não vai vir. Pq o risco aos dentes é meio ignorado ("ah, meus dentes não vão cair se eu vomitar SÓ MAIS ESSA VEZ") e o terror da gordura, se não anulado, é pelo menos amenizado.
Então hoje minha "pena" por comer junk food não foi vomitar – pq miar não é punição, é fuga. Não, minha punição foi não vomitar. E gente, foi dificil PACARALEO. Eu tava meio louca pra me arrastar até o banheiro, mas aguentei.  Senti todos os efeitos horríveis da gordura batendo no meu estômago (provavelmente) com ulcerações. Me forcei a ficar assim até jurar q nunca mais como mc donalds.

Eu sei q já disse isso, mas meu sonho é ser q nem a menina do undressed skeleton. Saudável, linda, magra. Mas mesmo ela teve q lutar por isso, então eu tenho q parar de frescura e lutar.
Sobre ele... bom, não to inspirada agora. Mas a pergunta q a safi me fez (se ele vier atrás e me adicionar, se eu aceito de volta) resume bem a situação. Ele me procurando e "querendo" de volta é TUDO q eu quero na vida. É o motivo de não ter deletado ele antes - pq eu sabia q ele não sentiria minha falta. Pq eu sei q ele não vai nem notar. E a indiferença dele dói mais q o ódio, pq se ele me odiasse, pelo menos pensaria em mim, assim como se me amasse. Mas ele nem lembra q eu existo... eu sou só mais uma amiga no meio dos outros aleatórios ali. E isso dói mais q tudo.
Então, esse é o motivo de eu ter relutado tanto em exclui-lo. E pq agora? Pq eu sei q já passou da hora faz tempo. Já prometi mil vezes q ia sair da vida dele, já disse tantas vezes q só quero q ele seja feliz.... but for the first time, i really mean it.
Eu sei q a dor nunca vai passar de verdade, mas pela primeira vez, aceitei isso. Aceitei q não, ele não sente minha falta. Aliás, as vezes acho q sou uma empata - a vida dele melhorou imensamente depois q saí dela. Assim como a de muita gente. Eu lembro de estar presente nos piores momentos da vida das pessoas e nunca na felicidade delas, e só oq consigo pensar é q eu sou uma empata - sou um dementador, como uma amiga disse uma vez. Então é isso.
Pela primeira vez, eu to sendo adulta - como tanto me disseram pra ser - e fazendo isso por ele. Pq quero q ele continue feliz e se eu não aguento ver isso, eu q tenho q sair da vida dele, fim.
Então, eu já me perguntei oq diria se ele me perguntasse pq excluí, ou se ele adicionasse de volta. Mas não preciso pensar muito no assunto simplesmente pq sei q isso não vai acontecer. Sempre soube, mas agora aceitei.

Eu preciso ir dormir, mas juro q vou tentar me esforçar mais. Só oq posso fazer é continuar tentando.
(Ah! Eu sei q disse q num ia me pesar, mas pesei: perdi um kg. Vamos ver se ele não volta)
É isso por enquanto. Bjs!

Stay Strong

4 comentários:

MAIS UMA ANA ENTRE TANTAS... disse...

oiee linda!!! me sinto igual a vc em relaçao a mia... mais eu consigo controlala(por enquanto).
linda forças pra vc e me passa o nome dos livros que vc comprou
bom FDS

Anita disse...

Oi !

A mia é como um leão dentro da gente.Enquanto nós não o soltamos ele nos arranha por dentro,nos consome horrivelmente.E vem aquele desejo descabido de dar liberdade pro bichinho,ah quanta bondade nossa!
Deviamos cultivar borboletas no estômago doem menos!

Parabéns pelo 1 kg perdido de um em um vc chega lá!

Beijo e força^^

Amiga sofredora disse...

Oi flor não fique triste, tudo vai melhorar, a tristeza só vai te fazer comer mais. Se controle e seja firme. Beijo.

Tristeza disse...

Oie adorei o blog to seguindo, e vc ta certa gaste o máximo de dinheiro com coisas que te afastam da comida! eu uso essa tática!

Beijinhos!