BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

Keep Going!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Anna e Bunny

- Tô com fome. Queria comer aquela chocolícia... tá em promoção ali nas americanas...
 - Matar vontade de uma bolacha ultracalórica é mais importante que ser magra?
 - Não **suspiro**
 *quinze minutos depois*
 - Eu mataria por uma barra de chocolate agora...
 - Você vai dizer a si mesma ao comprar que 'vai comer só um quadradinho'. E vai acabar comendo pelo menos metade da barra. senão ela toda. Então, comer chocolate até sair pelo ouvido, é mais importante que ser magra?
 - Não...
 *depois de algum tempo, hora de ir pra casa*
 - Talvez... seja melhor pegar um ônibus. Tô cansada, quero chegar logo em casa...
 - Pra comer?
 - Preciso almoçar.
 - Precisa mesmo? Precisa se entupir de macarrão e batata, como uma louca?
 - Estou com fome!!
 - Está mal acostumada. Você sabe disso. Lembra de quando a fome era amiga?
 - Mais ou menos. Não sei como conseguia.
 - Então descubra. E todas as meninas dos blogs, que comem em dois dias o que você come em uma refeição? E os NFs e LFs que você vê elas fazerem e morre de inveja? Acha que é fácil?
 - Eu SEI que não é fácil. Mas costumava ser.
 - Então faça ser de novo.
 *procurando desesperadamente uma desculpa*
 - Estou cansada.
 - Descansar é mais importante que ser magra?
 - Mas minha mãe vai reclamar.
 - E arranjar desculpas pra ela é mais importante que ser magra?
 - Mas, mas...não quero chegar em casa três da tarde!!!
 - Quer chegar mais cedo, quer descansar, eu entendo.
 - Entende mesmo?
 - Sim. Mas pense por um minuto no que isso significa. Você chega mais cedo pra comer. Sua irmã se muda hoje, vai estar aquela bagunça, crianças e pertences pra todo lado. Sua mãe, por sinal, nem vai lhe dar atenção (não que ela dê muita normalmente quando sua irmã está por perto - ou mesmo longe), porque vai estar ocupada ajudando sua irmã (e reclamando dela pelas costas). Daí você vai comer - coisa q você vai fazer demais, indo pra casa de ônibus ou caminhando - então melhor que seja caminhando, porque pelo menos o estrago não é tão grande. Depois vai ficar na cama com o computador pensando no quanto queria ser magra como as garotas das fotos. Fora que, você sabe, pegando ônibus, você vai demorar quase tanto quanto caminhando... tarde de sábado é sempre uma enrolação.
 - Mas eu ainda tenho que fazer a coisa dos post its...
 - Tem não, quer. Você quer sentir que está fazendo algo de útil e inovador, algo que queria que fizessem por você. Você queria um dia encontrar um post it te dizendo que você é linda porque você não acredita nisso. Você sente uma obrigação profunda de fazer isso porque você quer acreditar que o mundo pode ser melhor e que você pode fazer a diferença. Você no fundo tem esperança de que isso se espalhe, mas ao mesmo tempo, não tem fé nisso.
 - Você está dizendo pra eu ir pra casa e pronto?
 - Não, você precisa fazer isso porque sente que precisa. Então faça. Só não use como desculpa pra preguiça.
 - Então tá. Mas ainda assim, estou com preguiça e com fome, e nós duas sabemos que não vou perder quase nada com isso.
 - Mas não vai ganhar, o que no seu caso é lucro. Você sabe que não vai ficar magra da noite pro dia, não depois de fazer tanto mal pro seu corpo. Você se deixou engordar e já devia saber que o caminho de volta é mais difícil do que da primeira vez.
 - Tá, saquei.
 - Não sacou nada. Você desiste fácil, porque não está perdendo um quilo por dia. Isso não vai acontecer, sinto muito. E não me venha com "mas eu preciso me acostumar aos poucos". Se é assim, você tem que aguentar também o fato de que seu corpo também vai se acostumar aos poucos, vai perder peso aos poucos. Você já sabe que não há milagres ou fórmulas mágicas, que só existe um jeito, então pare de se sentir incompreendida toda vez que os números não descem. Você sabe que se continuar desistindo na primeira coisinha que acontecer, você nunca, mas nunca mesmo, vai deixar de ser essa bola gorda e obesa que você é.
 - Ok, isso foi um exagero.
 - Tem certeza? Olhe pras garotas em volta. Repare nelas quando estiver no shopping, colando seus preciosos post its sobre beleza interior e amor próprio. Veja o tamanho das coxas delas e veja as suas. Repare na barriga chapada de cada uma e depois encare o espelho enfeitado de recados, veja sua barriga de grávida que já lhe rendeu lugar no ônibus. Você sabe que foi por isso que a menina - magra como um palito - lhe cedeu o lugar. Porque ela achou que você estava grávida. Isso não é incentivo suficiente?
 - ...
 - Então, agora, senhorita "estou-cansada-estou-com-fome", me diga, tem algo mais importante nessa sua vida do que ser magra?
 - Não, nada.

***************
Pequenos fatos:
- Vou acabar comendo algum doce no shopping.
- Vou acabar voltando pra casa de ônibus.
- Vou me esforçar pra compensar amanhã.
- Chegando em casa vou tomar laxante.

Talvez a força total não tenha chegado ainda, mas não posso deixar de acreditar nela. E ao mesmo tempo, sei que tenho que parar de acreditar que algo está vindo pra mim. Nada está vindo, eu preciso fazer isso por mim mesma.
*************************
Escrevi mais um monte de coisas, sobre o aumento q recebi e sobre minhas aulas que só começam em março. Também falei da minha sensação de realidade estranha já que sempre estive muito fora dessa realidade... mas perdi todo o resto do texto pq fiz uma tremenda bagunça no txt e acabei esquecendo a ordem dos fatos.
Depois eu contos as novis, quando naõ der preguiça

Quem num pegou o selinho tá no post de baixo.

Bjs!

6 comentários:

Alice Liddell disse...

Tipo... medo disso! o_O
Suas conversas com seu "eu lírico" parecem só te deixar down, não te levam a uma melhor decisão.
Cara, essa "vozinha que soa ao longe", contestando as coisas, muita gente tem. Sendo Ana, Mia, os dois ou nenhum dos dois.
Tenta usar isso pro seu bem, flor.
Ponderar os melhores pontos e agir de acordo.
Vence essa preguiça, mulé!! Simbora!
Vamos ser felizes um pouquinho a cada dia. =]

Lola disse...

Oiii
caraca,é incrível,mas as vezes eu converso exatamente assim comigo.Só que outra Eu chama Lola mesmo,e é linda e magra.É tipo eu,se eu fosse uma celebridade,uma espécie de Nicole Richie brasileira.
Ela me diz cada coisa..
Enfim..
Espero que apesar do doce,vc encontre sua força em algum luga.Eu posso dizer que estou conseguindo,mas fácil não é mesmo..Sempre penso em comida(eu sabia sua gorda),e nem é fome,é só vontade,então,já nem sei.Estou com 57,5,foram uns 7k quase q eliminei de dezembro pra cá,mas tá osso.
Espero que nós duas demos um jeito nisso.
Vê se aparece no MSN viu??
Brigada pelo selinho'
Saudades**
BeejoO'

Anna Mia 4ever disse...

Nossa, é exatamnete isso que acontece comigo!Muitas vezes eu nem consigo fazer a coisa certa.
Força pra vc
Beijos

Cristal* disse...

Linda, é difícil assumir a responsabilidade por sucesso ou insucesso pessoal, mas é a vida e talvez seja bom acordar gora e amanha fazer melhor.
Força, tu consegues.
Bjinhos

LOVE disse...

Amiga, estou passando so para deixar um beijo e agradecer por toda a amizade. Vou dar uma sumida do blog. Qualquer coisa manda mensagem pra meu e-mail q respondo assim q possivel. Beijos te amo linda!!! Não se preocupe.

(●•Léia •●) disse...

Eu também por inúmeras vezes converso assim comigo... e fico a chorar depois do resutado.

Como disse as meninas a vida não é fácil. E se deixarmos correr solta ai fica pior ainda!

Linda muito força!
Espero que esteja bem!

Beijocas!