BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

Keep Going!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Cada vez pior.

Tô postando pq acho que não tenho outro modo de expressar oq houve. Me sinto péssima comigo mesma, e só tenho consulta amanhã, mas acho que até lá eu vopu explodir.

Vcs sabem que eu tenho faltado algumas aulas por causa do medo. Faço o que posso, mas as vezes o medo irracional de entrar em sala simplesmente é paralisante e leva a melhor.

Faltei um bocado de aulas de lingüística - normal. Sempre odiei essa matéria, e é a que sempre me faz repensar minha escolha. Juntando isso com o pânico, perdi as primeiras aulas de linguistica do semestre... o que significa que eu não tinha o programa (ou cronograma, se preferirem)...
O que significa que cheguei hoje na porta da sala, estrando o silêncio, e vi trinta cabeças curvadas sobre um prova. Pela quantidade de folhas espalhadas, não só o povo estava escrevendo muito, como tb estava fazendo consulta.
E daí, vcs me perguntam.

E daí que eu travei. Corri pro banheiro e me tranquei lá por vinte minutos, chorando, com medo, e com uma sensação estranha que eu conhecia, mas não lembrava de onde.
Comecei a andar e pensar no que fazer por estar perdendo aquela prova, e percebi o que era familiar na sensação:
Eu tive exatamente a reação que eu tinha quando era criança e fazia alguma bobagem na escola.
Pq eu era uma aluna perfeita. Qualquer erro pra mim era uma desgraça, e eu corria pro banheiro chorando, me sentindo uma inútil.
Fico me perguntando: Pq não encarei? Pq não entrei na sala? Pq não corrigi meu erro de ter faltado por preguiça?

Só pq eu sabia que não era preguiça. Isso foi a desculpa que dei pra minha mãe, pq sabia que ela não entenderia se eu dissesse que estava com medo de entrar em sala.
Aí eu pensei: "Vou trancar essa matéria". Depois me odiei por pensar nisso, não pode ser tão complicado ir conversar com a professora...
É, sim. Eu sei que vou protelar isso e não vou conseguir.
Vou parar todos os dias na porta dela e pensar: "Não posso. Ela vai brigar comigo. Ela não vai acreditar em mim."

Exatamente como quando eu era criança e ficava paralisada de medo, e sabia que não podia contar com os adultos.

Bom, fui até a biblioteca, sentei no chão, num canto da sessão de parapsicologia e o medo passou. Parei de hiperventilar e o coração voltou a bater no ritmo normal, e veio a raiva. Fiquei me sentindo rídicula, pq eu só faço quatro matérias na faculdade e vou deixar o medo me impedir de fazer uma delas. Mas sei tb que não tenho opção - que isso vai se repetir.
Então amanhã eu passo na secretaria pra trancar lingüística.

Medo 10 X 0 Bunny.

Até quando vou deixar o medo levar a melhor? Até quando vou ser refém de mim mesma?
Tô com muita raiva.
Muita raiva mesmo de mim.

Enfim... só pra registrar, alguém assistiu "Profissão Repórter" ontem? Senti falta de quem eu era, ao ver aquilo. Sim, eu sei dos riscos e do quanto isso é doentio, mas... queria poder controlar meu corpo daquele jeito, de novo. Queria ter controle de alguma coisa em mim.
O que significa que vou me concentrar nisso, pra não pensar em todo o fracasso da minha vida.
Bom, não que eu vá conseguir comer com o nojo que estou sentindo de mim mesma.

Só isso por hoje... amanhã eu posto melhor.

3 comentários:

Dreamer disse...

HEEEEY BUNNY =)

NOSSA, sei extamenteo que voce esta passando!

semana passada eu tranquei o meu curso, simplesmente nao conseguia ir, matava MUUUITAS AULAS, e qnd chegava nao sabia de nada que estava acontecendo, o pessoal entregando trabalhos, que eu nem sabia que tinham sido passados!!!

eu entrava atrasada na sala e sentia que todos me observavam... e logo me levantada e ficava trancada no banheiro, por nao sei qnt tempo.
e o pior eram as materias de desenho(faco arquitetura), nao conseguia dar o melhor de mim, sabe??
nao queria isso! quero ser uma boa arquiteta, QUERO SER BOA!
por isso resolvi. so vou voltar qnd puder dar o melhor de mim!!!

melhor assim ne?? do que fazer algo somente por fazer...

gnt, eu pensava quase igual a voce! o meu professor de desenho, uma das materias principais, eh um carrasco, um grosso idiota. e toda vez eu entrava na sala com muito medo dele. pensando `AI ELE VAI GRITAR COMIGO, VAI ME XINGAR, ME BATER` hauiehuia
varias pessoas saem chorando da aula dele...

aaaaahh eu assisti profissao reporter! ao mesmo tempo me deu uma inveja das thinspos, e um medo tb.. sei la! mas em relacao a mia, eu achei pessimo o programa!

amoooor, to indo. to com mt pressa. vou na consulta com a psiquiatra agora...

um beijao e se cuidaa!!

=*

lovely disse...

Oi querida!
Uhm ...
Ai, você sabe que estou no mesmo barco furado.
Eu tenho tentado trabalhar isso na terapia, com ajuda dos remédios também. Mas é dificil né?!
O pânico vem e volta, eu não consigo mais fazer decisões, estou completamente perdida.

Acho que não haveria problemas em falar com a sua professora. Antes fala com a psiquiatra, acho que ela vai saber te orientar.

Sinceramente, eu não sei o que dizer para ajudar.
Não é questão de esforço. O medo é algo mais forte que qualquer impulso. Qualquer pessoa poderia dizer que basta ter "força", mas não é bem assim ... é dificil mesmo.

Eu iria adorar caminhar contigo! Vamos esperar essa fase ruim passar e quando estivermos melhor vamos comemoraaaaar com coca-light!!! XD

Eu assisti a reportagem de ontem. Meu Deus ... você viu o braço daquela guria? Em pensar que é os braços que eu quero pra mim, me sinto tão doente por pensar assim.

Beijinhooos !!!
Tudo de bom!! E espero que melhore logo ;)

Anna Warface disse...

Olá divã !
Não se sinta assim, você têm que ser forte. Você precisa ser forte. Não desista, estou aqui torcendo por você.
No que precisar, estarei aqui para te ajudar
FORÇAAA em tudo, beijão!