BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

Keep Going!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Being Atashi


"Nesta cidade não havia ninguém.
Na cidade havia casa e janelas iluminadas.
Mas não havia ninguém nas ruas.
Olhei por uma das janelas tinha uma pessoa...
Mas ela estava com um deles. Olhei dentro de outra casa.
E a pessoa também estava com um deles.
Esta cidade é igual a todas as outras.
É divertido estar com um deles,
Mais divertido do que estar com outra pessoa.
Por isso, ninguém mais sai nas ruas.
Não há ninguém nesta cidade.
Eu farei uma jornada. Irei para outras cidades.
Eu queria que alguém me achasse. Alguém só para mim.
Mas, quando esse alguém só meu passar a gostar só de mim...
Será a hora de nossa separação.
Ainda assim eu quero achar alguém só para mim.
Pensando nisso, eu continuo vagando por outra cidade sem ninguém..."


A diferença básica entre eu e o Atashi é que ele (bom, ela) encontra alguém.
Na verdade, eu encontrei. A pessoa só pra mim, quero dizer.
A diferença básica é: essa pessoa não queria ser só pra mim.
Essa pessoa não me escolheu.
Então, não tem mais sentido, eu continuar andando pelas cidades sem ninguém. Eu encontrei o que procurava. E não pude ter.
E o que Atashi faz?...
O que fazer quando não tem mais pra onde ir?
Por enquanto, estou caminhando sem rumo.
"Existe um sentimento dentro de mim. Esse sentimento é muito terno... Mas me faz sofrer. Quando penso naquela pessoa este sentimento me preenche. Você sente o mesmo por todos? Não só sinto quando penso naquela pessoa. O que acontece quando você está junto daquela pessoa? Sinto um calor gostoso. É como se aqui em mim brilhasse. Mas e quando não pode estar junto dessa pessoa? Dói. É uma dor muito forte, bem aqui. Você acha que morreria? Nós não morremos. Como não temos vida, não podemos morrer. Isso mesmo, não morreremos.
Mas acontece algo muito parecido com a morte. Porque nós somos um deles. Espero que você possa ser feliz junto com "A pessoa só para você".
Mas... E se eu não puder ser feliz? E se a pessoa só para mim descobrir o que eu posso fazer e o que eu não consigo fazer... E não me escolher? Nesse caso... Ele terá que decidir sobre mim e sobre nós.
Está doendo?
Está. Se a pessoa só para mim não me escolher... Acho que aqui irá doer tanto... Que eu poderei parar. A dor que está sentindo é muito forte.
Uma dor tão triste que pode até nos quebrar.
Não tem ninguém nesta cidade. Mas... As pessoas riem alegremente dentro de suas casas. Será que essas pessoas são felizes? E... Será que eles são felizes? Eu estou na cidade sem ninguém. Estou andando pela cidade sem ninguém. Eu tenho muita vontade de me encontrar com aquela pessoa. Muita, muita vontade. Eu fico muito alegre quando penso naquela pessoa. Eu sofro muito quando penso naquela pessoa. Eu fico muito contente quando penso naquela pessoa. Eu fico muito triste quando penso naquela pessoa.Tudo que sinto quando penso naquela pessoa é muito forte. Talvez isso seja "gostar". Se for isso... A pessoa de que eu gosto... A pessoa só para mim, é..."

Estou com 58kg de novo (sim, eu bati os 60kg), e espero diminuir. Não sinto mais fome, nisso a tristeza me é benéfica. Mas o vazio é tão grande que sinto necessidade de preenche-lo com algo. Não sinto o gosto da comida, e me sinto mal por comer. Mas continuo.
Não sei mais que rumo tomar.
Queria ter o final feliz do Atashi.

"
Nesta cidade não há ninguém. Mas... As luzes que iluminam as casas... São brilhantes e aconchegantes. Eu estou na cidade sem ninguém. Mas eu não me sinto triste nem solitária. Um calor preencheu meu coração. Eu sou um deles, mas estou feliz. É porque eu gosto daquela pessoa. Quando alguém gosta de outro... É bom. Não importa se é humano ou não. Esse sentimento nos embala e nos protege. Se isso deixa meu coração com tanto calor... Se isso faz eu me sentir tão bem... Acho que todos deveriam ter alguém para gostar. Acho que todos deveriam ter o seu amor correspondido. Quando alguém gosta de outra pessoa... E a considera realmente importante... Aí sim... Este mundo fica repleto de felicidade. Nesse dia... Aqui... Será a cidade sem ninguém infeliz. A cidade importante onde mora... A PESSOA SÓ PARA MIM."

Mas afinal, eu já sabia que ficaria sozinha e pra tia.
Os fatos são só confirmações.

Beijocas.

6 comentários:

lovely disse...

Oi querida!
Que bonitinha essa histórinha!!!

Eu decidi trancar o meu coração e não gostar mais de ninguém, porque eu sofro e ainda fico remoendo depois. Como você disse, vou ficar para tia =P . Ih, já até me conformei!
Enfim, não que eu recomende isso.
Acho que você pode vir a amar outra pessoa sim! Mas enquanto esse dia não chega, tenta aproveitar outras coisas bonitas desse mundo porque você merece ser muito, mas muito feliz!

Eu sei que quando estamos tristes assim, o mundo fica tão sem sentido, sem cor, insosso. Mas, espero que as coisas melhorem.

Beijinhooos!
Cuide-se!

Andie disse...

VOCÊ NÃO VAI ACABAR SOZINHA!
E NEM EU!
Eu ando pela minha cidade, ando pelo minha rua, ando dentro a da minh mente e em nenhum lugar eu tenho paz. Às vezes dá vontade de ir ao médico e pedir que ele faça um dano cerebral na cabeça só pra poder continuar a viver.
Seguir assim é muito triste, mas temos que seguir. Não vamos morrer. Como vc disse no texto "não temos vida". Mas um dia teremos.

TE ATUALIZEI!
RESPONDA AO MEU E-MAIL!

;**

Dreamer disse...

oiii baby!

ihhhh ja fiquei pra tia ha muito tempo! hieuhuiae

minha irma mais nova ja teve 3 namorados e eu? NENHUM? o que ha de errado comigo? acho que de tudo um pouco....

conta comigo, okkk?? tb te linkei!

beijão!

Marcy! disse...

Gostei da história, mas me explica, porque Atashi?
Desculpe a ignorância...

Sabe, casar, ter companheiro, essas coisas, acho que não é pra mim, mas uma coisa é certa: Serei mãe.
Não interessa, adoção, projeto independente... mas serei mãe um dia.

Quando não conseguimos preencer o vazio com algo que realmente necessitamos, seja amizade, amor, risos, abraços, alegrias, nos preenchemos de forma errada, na maioria das vezes com comida, bebida, cigarros ou coisa bem pior...

Abraços e muita força!
Te linkarei ;)

Love disse...

Oi Flor!!

Obrigada por ter me linkado!!! Farei o mesmo contigo!!

Quando a ficar so... Não tem nada de errado em ficar pra titia, casamento não é facil!!! Digo por experiencia propria!!!! Quando ao vazio que sente... Eu tambem sinto e esse vazio não é falta de alguem(de namorado) é algo alem... Vc tem que descobrir de onde seu vazio vem. O meu eu ainda não descobrir... So sei que é algo profundo, tão profundo que amor nenhum consegue preencher. Espero que não seja seu caso!!! Bjos Flor!!!

Marcy! disse...

Ahhhhhh, agora já saquei o que é Atashi! (Dã pra mim)

Alice Cullen é tudo!=P

Realmente, vejo que a maioria das gurias tem problema com as mães, diferente de mim. Cada um com a sua cruz, e olha, por mais que várias gurias de blogs tenham uma vida boa, isso e aquilo, a cruz de cada um é pesada. Mas conseguiremos. Como disse a Andie em um post dela, Deus não nos dá uma dor maior do que podemos aguentar.

Beijos.